22°
Máx
16°
Min

Larissa e Talita caem, mas Brasil avança às quartas com 5 duplas em Maceió

(Foto: Divulgação) - Larissa e Talita caem, mas Brasil avança às quartas com 5 duplas em Maceió
(Foto: Divulgação)

O Brasil tem cinco duplas nas quartas de final do Open de Maceió, primeira etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia no País em 2016. São três times brasileiros brigando pela medalha no masculino e outros dois no feminino. Se Ágatha/Bárbara Seixas e Evandro/Pedro Solberg passaram, a surpresa foi a eliminação de Larissa/Talita nas oitavas de final, com derrota para Borger/Büthe, da Alemanha, por 2 sets a 1, parciais de 23/21, 15/21 e 15/11.

Desde julho do ano passado Larissa e Talita não caiam tão cedo numa competição. Depois da eliminação nas oitavas de final do Mundial, elas venceram cinco etapas do Circuito Mundial e quatro do Circuito Brasileiro - ainda tiveram dois vices em competições nacionais. Só em Yokohama (Japão), em julho, elas não chegaram à decisão.

O tropeço em Maceió é bom para Ágatha e Bárbara Seixas, também já convocadas para o Rio-2016, mas que disputam a liderança do ranking olímpico com Larissa e Talita, brigando para ver quem fica como primeira cabeça de chave na Olimpíada.

Nesta sexta, Ágatha/Bárbara Seixas avançou às quartas de final em Maceió ao vencer Ukolova/Birlova, da Rússia, por 2 a 1 (21/8, 20/22 e 15/13). Na próxima fase elas pegam as alemãs Holtwick e Semmler.

A outra dupla brasileira nas quartas é Duda/Elize Maia. As jovens ainda não perderam sets em Maceió e, nesta sexta, venceram as veteranas Rachel e Ângela por 2 sets a 0, com parciais de 21/11 e 21/19. No sábado, enfrentam Menegatti/Orsi Toth, da Itália.

Os dois novos times do vôlei de praia brasileiro, porém, ficaram pelo caminho. Maria Elisa/Lili perdeu para Gallay/Klug, da Argentina, por 2 a 1 (21/19, 19/21 e 15/9), enquanto Juliana/Taiana foi derrotada por Menegatti/Orsi Toth, em sets diretos, com parciais de 21/18 e 21/16.

MASCULINO - Tanto no masculino quanto no feminino a sexta-feira em Maceió foi de duas rodadas: repescagem e oitavas de final. No sábado serão jogadas as fases de quartas de final e semifinal, ficando a disputa das medalhas para o domingo.

Nesta sexta, Evandro/Pedro Solberg precisou jogar apenas uma vez, vencendo George/Thiago, também do Brasil, por 2 sets a 0 (21/16 e 23/21). Nas quartas, eles enfrentam Virgen/Ontiveros, do México.

Em outro confronto brasileiro nas oitavas, Álvaro Filho/Vitor Felipe venceu Bruno/Hevaldo por 2 a 0 (21/18 e 23/21), enquanto Guto/Saymon avançou com vitória sobre Liamin/Barsouk, da Rússia, também em sets diretos, com parciais de 25/23 e 21/12.

Tanto Guto/Saymon quanto Álvaro Filho/Vitor Felipe terão pela frente times da Polônia: Losiak/Kantor e Fijalek/Prudel, respectivamente. Essa última dupla foi responsável pela eliminação de outro time brasileiro: André/Oscar, nas oitavas, num jogo de três sets.

Parte da verba que a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) tinha para o circuito nacional foi alocada para a organização de quatro eventos internacionais no País até o dia 1.º de maio. Além de Maceió, o Circuito Mundial passa também por Rio de Janeiro, Vitória (ES) e Fortaleza (CE).

Apesar de o torneio de Maceió ser da série Open, que distribui menor premiação na comparação com os das séries Major e Grand Slam, a etapa alagoana recebe boa parte das principais parcerias da atualidade.