24°
Máx
17°
Min

Olímpicos passam invictos e Brasil avança com 12 duplas em Maceió

(Foto: Divulgação)  - Olímpicos passam invictos e Brasil avança com 12 duplas em Maceió
(Foto: Divulgação)

Das 14 duplas brasileiras que entraram na chave principal do Open de Maceió, primeira das quatro etapas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia no Brasil em 2016, 12 seguem vivas na competição. A única eliminada no masculino é exatamente a mais experiente: Ricardo/Harley, formada provisoriamente porque Emanuel está machucado. No feminino, as veteranas Josi e Val, convidadas da organização, também deram adeus ao torneio alagoano.

Garantidos na Olimpíada, Evandro e Pedro Solberg venceram seus três jogos e fizeram 2 sets a 0, com fáceis 21/13 e 21/12, sobre o time mais complicado do grupo: Brunner/Rosenthal, dos EUA. Alison e Bruno Schmidt, que também vão ao Rio, não se inscreveram para jogar em Maceió.

As outras duplas brasileiras que passaram ilesas pela primeira fase no masculino foram Guto/Saymon e Álvaro Filho/Vitor Felipe, dois times que devem crescer no próximo ciclo olímpico. André/Oscar também avançaram direto às oitavas de final, mas com uma derrota. André tem 19 anos e é filho do ex-jogador Loyola.

Mesmo com só uma vitória - mesma campanha de Ricardo/Harley -, Bruno e Hevaldo ficaram em terceiro no Grupo D e vão jogar a repescagem contra Binstock/Schachter, do Canadá. George e Thiago venceram dois jogos, só caíram para os fortes norte-americanos Dalhausser/Lucena, e disputam a repescagem contra Krou/Rowlandson, da França.

FEMININO - Exceção às duas duplas de pouco conhecidas veteranas, o Brasil tem campanha perfeita na chave feminina até aqui. Josi (37 anos) e Val (39) perderam seus três jogos, enquanto Rachel (30) e Angela (34) bateram Wang/Yue, da China, e, com uma vitória, avançaram à repescagem.

As outras cinco duplas só ganharam. Ágatha e Barbara Seixas garantiram os 100% com vitória importante sobre Kessy/Day, dos EUA, por 2 sets a 1, com 18/21, 21/19 e 15/9, avançando às oitavas sem perder sets. Mesma situação de Larissa e Talita, também já convocadas para a Olimpíada, que atropelaram as rivais nos seis sets que jogaram.

Duas parcerias estreiam no Circuito Mundial: Juliana/Taiana e Maria Elisa/Lili. Ambas ganharam os três jogos da fase de grupos e passaram direto às oitavas. Já Duda/Elize Maia voltou a mostrar força para o próximo ciclo olímpico passando de fase sem perder sets.