28°
Máx
17°
Min

Pedro Solberg e Evandro ficam com a prata no Grand Slam do Rio de vôlei de praia

Representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos, Pedro Solberg e Evandro ficaram com a medalha de prata no Grand Slam do Rio, uma das etapas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Neste domingo, eles perderam para os poloneses Losiak e Kantor por 2 sets a 0 (21/19 e 23/21), em 45 minutos, na Arena montada em Copacabana. O bronze ficou com os holandeses Brouwer e Meeuwsen, que venceram, de virada, os poloneses Fijalek e Prudel por 2 sets a 1 (19/21, 21/19 e 20/18), em 1h02 de partida.

Após a cerimônia de premiação, Solberg lamentou a derrota, mas destacou a força de vontade da dupla que, ao longo do torneio, disputou seis tie-breaks. "Foi muito bom contar com toda essa torcida, família e amigos na arquibancada. Provamos nessa etapa que o jogo só acaba quando termina e conseguimos dar a volta por cima durante a competição. Estou triste com a derrota na final, mas, se analisarmos como estávamos há alguns dias, foi um bom resultado", disse.

A dupla começou a competição com duas derrotas e precisou passar pela repescagem antes de avançar para as fases seguintes. Evandro viu na competição um treino para a Olimpíada. "Esse também foi mais um teste para os Jogos Olímpicos e deu para sentir um pouco o clima que teremos em agosto", afirmou.

AMERICANAS FICAM COM OURO - No feminino, o título foi para as norte-americanas Walsh e Ross. A dupla dos Estados Unidos venceu as polonesas Kolosinka e Brzostek por 2 sets a 0 (21/19 e 21/13). A medalha de bronze ficou com as alemãs Borger e Buthe que bateram, de virada, as suíças Forrer e Vergé-Dépré por 2 sets a 1 (21/18, 18/21 e 15/10), em 48 minutos.

HOMENAGENS A EMANUEL - O mais vitorioso jogador brasileiro da modalidade, Emanuel, anunciou sua aposentadoria do vôlei de praia recentemente e fez sua última partida na última sexta-feira. Neste domingo, ele foi reverenciado pelo público, família e amigos.

Ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas-2004 e bronze em Pequim-2008 com Ricardo, e prata em Londres-2012 com Alison, Emanuel recebeu placas comemorativas e um quadro retratando seus momentos mais marcantes nos 25 anos de sua vitoriosa trajetória.

Ao lado da esposa Leila, dos filhos Lukas e Mateus e dos pais Fernando e Maria, Emanuel agradeceu aos que participaram de sua vida esportiva. "Todas as pessoas que estão aqui agora representam um pedaço de minha vida esportiva, todos foram muito importantes, família e companheiros de voleibol. Tenho de dividir meus méritos com eles", comentou.