22°
Máx
14°
Min

Sem sustos, Brasil derrota Irã em estreia na Liga Mundial

Encarada como evento-teste de luxo para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a Liga Mundial começou para a seleção brasileira com vitória, nesta quinta-feira. Jogando na Arena Carioca 1, que será um dos palcos da Olimpíada, o Brasil derrotou o Irã por 3 sets a 0, com parciais de 25/19, 25/16 e 28/26.

Em clima de preparação para os Jogos do Rio, o técnico Bernardinho escalou a seleção com Wallace, Bruninho, Lucão, Maurício Souza, Lucarelli, Murilo e o líbero Serginho. No decorrer da partida, o treinador colocou William Arjona e Evandro em quadra.

Favorito, o Brasil começou na frente diante do Irã. Os comandados de Bernardinho abriram 3/0 com facilidade e, com um inspirado Lucarelli, ampliou a vantagem para 12/05 e, depois, 20/15. Com um bloqueio simples de Lucão, a seleção fechou o set e saiu na frente na partida.

A segunda parcial foi mais equilibrada. Os brasileiros não conseguiram abrir mais que dois ou três pontos de vantagem no começo. Mas, com bons saques de Bruninho e Lucão, a seleção abriu quatro pontos ao fazer 16/12. Em seguida, ampliou para 21/14 e não teve problemas para fechar em 25/16.

O terceiro set foi o que mais preocupou Bernardinho. Pela primeira vez, o Irã assumiu a ponta do placar e fez 6/3. A vantagem foi sustentada até a virada brasileira, com 16/15. Lucarelli novamente fez a diferença no ataque. E logo o Brasil já liderava por 18/15.

A seleção iraniana, porém, não desistiu e buscou o empate em 24/24. A partida ganhou em emoção e as duas equipes passaram a disputar intensos ralis, com destaque para a defesa iraniana, em grande momento na partida.

O Irã chegou a virar o placar e teve set points. Porém, o Brasil contou com a sorte para virar novamente. Quando o marcador mostrava 26/26, Lucarelli sacou e a bola desviou na rede, caindo de surpresa no lado rival. Novamente no saque, ele acertou uma bomba e fechou o set e a partida.

O Brasil fará mais dois jogos no Rio de Janeiro pela Liga Mundial: contra a Argentina, sexta, às 14h10, e os Estados Unidos, às 23h10 de sábado. O torneio para o Brasil continuará com rodada na Sérvia, de 23 a 25 de junho, e na França, de 1 a 3 de julho.

A etapa final da Liga será disputada na Polônia, de 13 a 17 de julho. Vinte e um dias depois, em 7 de agosto, a seleção estreará na Olimpíada, contra o México. Os jogos da Olimpíada serão em outro palco, o ginásio do Maracanãzinho, na zona norte do Rio de Janeiro.

A Liga serve para Bernardinho definir o time que disputará os Jogos Olímpicos. Na competição que começa agora são permitidos 16 atletas, mas na Olimpíada só 12 poderão ser inscritos.