21°
Máx
17°
Min

Zé Roberto volta a fazer testes e Brasil vence a Turquia sem encantar

Zé Roberto volta a fazer testes e Brasil vence a Turquia sem encantar

China, Estados Unidos, Rússia e Brasil são os candidatos a brigarem pelo pódio nos Jogos Olímpicos do Rio no vôlei feminino. Pelo menos foi isso que mostrou a fase de classificação do Grand Prix, encerrada neste domingo, com essas quatro equipes nas quatro primeiras posições, bem à frente das demais. A fase final será na semana que vem, em Bangcoc.

O Brasil fez o último jogo do dia, em Ancara, na Turquia. Pegou as donas da casa, já desanimadas pela eliminação e com uma equipe reserva. Não jogou bem, falhou principalmente na recepção, mas venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/21 e 25/19.

O técnico José Roberto Guimarães aproveitou a partida, um treino de luxo, para testar o elenco. Gabi, Adenízia e Léia foram escaladas como titulares. A levantadora Roberta entrou no lugar de Dani Lins no terceiro set.

Natália foi a principal pontuadora da partida, com 14 pontos. Gabi anotou 10 e Adenízia fez oito. Considerando toda a competição, Natália também foi a brasileira mais eficiente, com 101 pontos, muito longe da russa Nataliya Goncharova, que fez 185.

Na classificação geral, EUA, China e Rússia ficaram nas três primeiras posições, cada uma com uma derrota. A China, até então invicta, foi batida pelas americanas neste domingo. Os EUA haviam sido derrotados pela China na primeira rodada, enquanto a Rússia sofreu seu único revés diante da Sérvia.

O Brasil terminou em quarto, com derrotas para China e Sérvia - não jogou com Rússia ou EUA. A Holanda se classificou em quinto, com cinco vitórias e quatro derrotas. Ficou à frente inclusive da Sérvia, sexta colocada. A última vaga na fase final, entretanto, é da Tailândia, dona da casa.

No Rio-2016, a seleção brasileira enfrenta na primeira fase Rússia, Japão (oitavo colocado), Coreia do Sul, Argentina (quinta colocada na segunda divisão) e Camarões. Coreia do Sul e Camarões não disputam o Grand Prix.