26°
Máx
19°
Min

18 morreram e 11 estão desaparecidos após chuvas em SP

(Foto: Marcel Naves / Estadão Conteúdo) - 18 morreram e 11 estão desaparecidos após chuvas em SP
(Foto: Marcel Naves / Estadão Conteúdo)

Ao menos 18 pessoas morreram e 11 estão desaparecidas no Estado de São Paulo por causa dos efeitos da forte chuva que caiu entre a noite de quinta-feira, 10, e a madrugada de sexta, 11. Segundo a Defesa Civil do Estado, há 12 feridos e dezenas desabrigados. Francisco Morato, Mairiporã, Franco da Rocha, Cajamar, Caieiras, Guarulhos e a capital, na Grande São Paulo, além de Itatiba, no interior, foram os municípios mais atingidos.

Em Francisco Morato, deslizamentos deixaram dez mortos durante a madrugada desta sexta-feira. As vítimas estavam em imóveis localizados na Rua Irã, no Jardim Santa Rosa, nas Ruas Raul Pompeia e Maurício Neto, no Jardim Santo Antônio, e na Rua Pedro de Toledo, no bairro São José. Dois feridos foram socorridos. Os bombeiros continuam nos locais tentando localizar os soterrados.

A Defesa Civil de Francisco Morato informou que há, no mínimo, 15 pontos com risco de desabamento na cidade. O centro está alagado, e os trens da Linha 7-Rubi, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), não circulam por causa da água que invade os trilhos. A prefeitura decidiu suspender as aulas na rede municipal e usar os prédios escolares para abrigar as vítimas.

Em Mairiporã, quatro pessoas morreram - os bombeiros haviam informado anteriormente cinco óbitos - e há seis desaparecidos. Sete pessoas ficaram feridas. Uma criança socorrida morreu no hospital. O deslizamento de terra atingiu três casas na Rua Primavera, por volta das 21h40 de quinta-feira, em uma região de morro no bairro Jardim Nery.