22°
Máx
17°
Min

Acidente na Mogi-Bertioga é o 8º maior com ônibus no Brasil

O acidente com o ônibus de estudantes da empresa União Litoral que tombou na rodovia Mogi-Bertioga, na noite de quarta-feira, 8, causando a morte de 18 pessoas - 17 passageiros e o motorista -, está em oitavo lugar entre os maiores desastres com ônibus do País em número de vítimas fatais desde 2000, segundo pesquisa da reportagem.

No total, os dez maiores acidentes causaram a morte de 288 pessoas. Em 11º lugar e fora dessa lista está o acidente com o ônibus de excursão de uma escola de Borborema (SP) que matou 13 pessoas - 8 estudantes, 4 professores e uma fotógrafa - em 27 de novembro de 2014, na SP-304, em Ibitinga (SP).

Confira a seguir os 10 maiores acidentes com ônibus registrados no País:

10°

Um ônibus da Viação Gontijo colidiu com um trator, no km 322 da BR-110, na Bahia, em 27 de janeiro de 2014, causando 14 mortes.

Em 23 de outubro de 2012, um ônibus da Viação 1001 colidiu com um automóvel e tombou na rodovia Rio-Teresópolis, matando 14 pessoas.

Na noite de 8 de junho de 2016, um ônibus da empresa União Litoral que transportava estudantes tombou na rodovia Mogi-Bertioga, interior paulista, matando 18 pessoas, inclusive o motorista.

No dia 18 de maio de 2014 um ônibus da viação Princesa dos Inhamuns tombou na BR-020, em Canindé (CE), deixando 18 mortos.

Um ônibus que levava competidores de boliche do Rio Grande do Sul para o Paraná, no dia 5 de março de 2011, se chocou com uma carreta em Descanso (SC), matando 26 pessoas.

Em 9 de outubro de 2007, na BR-282, em Descanso (SC), um ônibus fretado se chocou com uma carreta e, durante o socorro às vítimas, outra carreta atingiu o coletivo: 27 morreram.

Dois ônibus da mesma empresa, a Viação Andorinha, trafegando em sentidos opostos, bateram de frente na rodovia Raposo Tavares, em Regente Feijó (SP), em 22 de janeiro de 2006, deixando saldo de 32 mortes.

Em 12 de janeiro de 2000, um ônibus, um micro-ônibus e dois automóveis de chocaram numa curva da Serra da Santa, no Vale do Itajaí (SC), deixando 42 pessoas mortas, a maioria turistas argentinos.

No dia 21 de fevereiro de 2004, um ônibus da Viação Itapemirim caiu num açude na cidade de Barro, no Ceará, matando todos os 46 ocupantes.

O maior número de vítimas fatais foi registrado em 14 de março de 2015, quando um ônibus da Costa & Mar Turismo despencou num abismo da Serra Dona Francisca, na SC-418, entre Campo Alegre e Joinville, em Santa Catarina, deixando 51 mortos.