24°
Máx
17°
Min

Após Fat Family, polícia do Rio procura agora bandido que chefiou escolta

Após matar o traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, de 28 anos, a polícia do Rio procura agora o bandido que chefiou a sua escolta. Ele foi identificado, nesta terça, 27, pela Polícia Civil, como Luís Fernando Rodrigues de Souza, o Nando do Anaia, de 29 anos.

Nando do Anaia é o chefe do tráfico de drogas na favela do Anaia, em São Gonçalo, cidade da região metropolitana do Rio. No município, policiais civis da Coordenadoria de Recursos Especiais mataram Fat Family, na segunda-feira, 26. O confronto ocorreu na favela Itaoca, no Complexo do Salgueiro.

O Portal dos Procurados, do serviço Disque Denúncia, anunciou nesta terça que pagará R$ 1 mil de recompensa a quem der informações sobre o paradeiro de Nando do Anaia. De acordo com a Polícia Civil, o criminoso acompanha Fat Family, mas conseguiu fugir ao cerco dos policiais. Fat Family e dois comparsas morreram no local. Nando do Anaia e outro traficante fugiram. Nando do Anaia estaria baleado.

O bando liderado por Nando do Anaia teria atuado, recentemente, em confrontos pelo controle de venda de drogas no Morro da Caixa D'Agua e no Jardim Miriambi, em São Gonçalo. A disputa deixou seis mortos, entre eles a comerciante Eliana Guerreiro Mascarenhas, de 60 anos. Ela e o marido, o advogado Roberto dos Santos Melandre, 56, tiveram o carro atingido por 40 tiros de fuzil no final de agosto, na localidade de Amendoeira.

Contra Nando do Anaia, há um mandado de prisão por homicídio. Ele também é acusado por roubo de carros, tráfico de drogas, porte ilegal de arma e disparo de arma de fogo.

No final da tarde desta terça, o corpo de Fat Family foi enterrado no cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul. A segurança na região foi reforçada pela Polícia Militar (PM). Por volta das 16h, cerca de 20 motociclistas chegaram ao local, com pessoas na garupa. Eles não foram parados pelos PMs que patrulhavam os acessos ao cemitério.

O comércio do Catete, na zona sul, amanheceu fechado novamente. No bairro fica o Morro do Santo Amaro, reduto de Fat Family. A favela é dominada pela facção criminosa Comando Vermelho (CV). A ordem teria partido de traficantes armados, que só teriam autorizado a reabertura após o sepultamento do bandido. Uma das ruas que tiveram lojas fechadas foi a Pedro Américo, onde fica a delegacia do bairro, a 9ª DP.

Fat Family foi resgatado na madrugada de 19 de junho deste ano do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio, por ao menos 25 traficantes armados com fuzis, pistolas e gramadas.