22°
Máx
14°
Min

Auditores da Receita fazem protestos em aeroportos, portos e fronteiras do País

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Sindifisco Nacional) informou que a categoria voltará a fazer protestos por causa do não cumprimento pelo governo do acordo salarial fechado em março. Em nota, o Sindifisco Nacional avisa que as manifestações dos auditores ocorrem agora pela manhã nos principais portos, aeroportos e postos de fronteiras do País.

"Os atos são porque o Projeto de Lei 5.864/16 somente começou a ser analisado segunda-feira, quando foi instalada na Câmara dos Deputados a comissão especial. A primeira sessão deliberativa foi terça-feira, mas não há garantia de que os prazos de tramitação serão cumpridos", cita o texto.

Nesta quinta-feira, 1º de setembro, haverá protestos nos aeroportos de Guarulhos (SP), Tom Jobim (RJ) e Viracopos (Campinas), e ainda nos portos de Santos (SP), Paranaguá (PR) e Suape (PE). A Ponte da Amizade, fronteira do Brasil com o Paraguai, também será um dos locais dos atos, assim como os postos de Uruguaiana (RS) e Ponta Porã (MS).

A retomada dos protestos foi decidida pelo Comando Nacional de Mobilização da categoria em reunião realizada no último dia 26. Segundo o Sindifisco, o projeto de lei do acordo salarial era para ter chegado à Câmara até o fim de junho, para que, entre votação e sanção presidencial, estivesse valendo já a partir de agosto.