21°
Máx
17°
Min

Bombeiros procuram possível terceira vítima de desabamento de ciclovia no Rio

O Corpo de Bombeiros retomou na manhã desta sexta-feira, 22, as buscas a uma possível terceira vítima do desabamento da ciclovia Tim Maia, na zona sul. Uma embarcação e motos aquáticas percorrem as áreas próximas à ciclovia. Um helicóptero também sobrevoa a região. Quarenta bombeiros participam da operação. Um navio patrulha da Marinha dá apoio às buscas e mantém afastadas embarcações que tentam se aproximar da região.

Nesta quinta-feira, 21, foram resgatadas duas vítimas - o engenheiro Eduardo Marinho Albuquerque, de 54 anos, e Ronaldo Severino da Silva, de 60 anos. Mas testemunhas disseram ainda que uma mulher percorria de bicicleta a ciclovia no momento do acidente e também teria sido jogada ao mar.

O comandante das Unidades de Salvamento Marítimo, Marcelo Pinheiro, disse que ainda poderia haver um corpo no mar, preso em alguma fenda junto às pedras. Pode ser ainda que a correnteza tenha levado essa terceira vítima para longe. O helicóptero sobrevoará as regiões mais distantes do ponto do acidente.

O prefeito Eduardo Paes (PMDB) estava viajando para Atenas, para a cerimônia de acendimento da tocha olímpica, mas voltou ao Rio. Ele marcou uma reunião com o secretariado para a manhã desta sexta-feira.