21°
Máx
17°
Min

Campanha para reduzir acidentes de trânsito em SP aposta em vídeos impactantes

Entre os homens que trafegam de moto e morrem em acidentes, 41% têm entre 18 e 29 anos. Das ocorrências de trânsito com mortes, 94% são causadas por falhas humanas. E a segunda maior causa de mortes no trânsito é o atropelamento de pedestres. Esses três grupos serão o alvo de uma campanha lançada nesta quinta-feira, 18, pelo governo do Estado de São Paulo durante o Fórum Melhores Práticas em Segurança Viária.

Serão três vídeos elaborados pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito que têm como objetivo chocar e constranger pessoas que são imprudentes no trânsito. O movimento é um programa do governo estadual que está completando um ano neste mês e tem como objetivo reduzir em 50% o número de vítimas no Estado até 2020.

Pesquisa

"Fizemos um levantamento e chegamos à conclusão de que uma coisa de 'puxão de orelha' não seria interessante. E, no público brasileiro, uma imagem de violência e sangue não teria aceitação. Então, a ideia foi constranger a pessoa. Precisamos causar o incômodo para ter a mudança de comportamento", explica Silvia Lisboa, coordenadora do movimento.

Em um dos vídeos, uma criança conta que se tornou vítima fatal de um acidente causado pelo próprio pai.

Os dados da campanha são do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga-SP). Além das peças publicitárias, que serão exibidas inicialmente nas redes sociais, serão apresentadas iniciativas de parceiros públicos e privados do movimento que podem ser replicadas.