20°
Máx
14°
Min

Cantareira fica estável após queda no dia anterior

O nível do Sistema Cantareira, principal manancial de abastecimento da capital paulista e da Grande São Paulo, permaneceu estável nesta quinta-feira, 21, após queda registrada no dia anterior, segundo dados divulgados pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Outros quatro mananciais (Guarapiranga, Rio Grande, Rio Claro e Alto Tietê) tiveram perda do volume de água armazenada, enquanto Alto Cotia se manteve estável.

O índice que desconsidera o volume morto do sistema apontou o Cantareira com 36,7% da capacidade, mesmo índice do dia anterior. Um segundo índice, que considera o volume armazenado pelo volume total, caiu de 51,1% para 51%. Já outro cálculo, que trabalha com o volume armazenado sobre o volume útil, permaneceu em 66%. Além do Cantareira, o sistema Alto Cotia manteve o nível de água e opera com 98,9% da capacidade.

Já o Guarapiranga, usado para socorrer o Cantareira durante a crise hídrica, perdeu 0,4 ponto porcentual e ficou com 81,4% da capacidade, ante 81,8% do dia anterior. O Rio Grande e o Rio Claro também tiveram recuo de 0,4 ponto porcentual e chegaram a 89,0% e 101,2%, respectivamente. O Alto Tietê registrou queda de 0,1 ponto e sua capacidade estava em 41,1% no começo do dia.