22°
Máx
16°
Min

Casos de dengue no Rio aumentam 146,5% em 2016

O Estado do Rio de Janeiro registrou 10.311 casos suspeitos de dengue em 2016, até as 16 horas desta terça-feira (16). Ninguém morreu vítima da doença. O número, divulgado pela Superintendência de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Estado de Saúde, corresponde a um aumento de 146,5% em relação aos casos registrados no mesmo período de 2015: 4.182, segundo o mesmo órgão.

Em todo o ano passado foram registrados 71.791 casos suspeitos de dengue no Estado do Rio, com 23 mortes, registradas em Barra Mansa (1), Campos dos Goytacazes (4), Itatiaia (1), Miracema (1), Paraty (2), Piraí (1), Porto Real (2), Quatis (1), Resende (8), Volta Redonda (1) e Rio de Janeiro (1).

Os dados foram compilados a partir de dados inseridos no sistema pelos municípios de todo o Estado até as 16h desta terça.

Combate ao mosquito

O vírus da dengue é transmitido pelo Aedes aegypti, mesmo mosquito que transmite a zika e a febre chikungunya. A forma mais eficaz de se prevenir é combater o mosquito. Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro lançou a campanha "10 Minutos Salvam Vidas", para incentivar a população a reservar 10 minutos por semana para eliminar possíveis focos do mosquito em suas casas. A campanha inclui produção de material informativo e realização de capacitação para profissionais de saúde das redes pública e privada.