22°
Máx
14°
Min

Criança e avó são atingidas por balas perdidas no Rio

Um menino de 8 anos, identificado apenas como Guilherme Henrique, e sua avó de 56 anos, chamada Antônia, foram atingidos por balas perdidas quando caminhavam pela rua Maragogi, na Penha (zona norte do Rio), por volta das 15 horas desta terça-feira, 10.

A mulher tinha ido buscar o neto na escola e seguiam para a casa dele quando criminosos atacaram policiais a tiros. Um PM também foi baleado. Todos sobreviveram, e a criança e sua avó não correm risco de morte. O estado de saúde do PM não havia sido divulgado até as 19h30 desta terça.

Policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade da Chatuba, na Penha, faziam uma ronda de rotina quando foram atacados a tiros por criminosos que estavam em uma moto. Eles se esconderam, mas um policial foi atingido no tórax.

A criança foi atingida de raspão na perna, e a avó ficou ferida em um dos joelhos. Os dois foram encaminhados ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, e passam bem. O PM foi levado para o Hospital Central da PM.