22°
Máx
14°
Min

Criminosos atacam PMS após morte de sobrinha do chefe do tráfico

Criminosos atacaram a tiros policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio, após a morte de uma mulher, na tarde desta quinta-feira (2). O confronto causou pânico no bairro. Comerciantes tiveram que fechar as portas de suas lojas e o trânsito ficou interditado em uma das principais vias do bairro. Até as 19h30 não havia informações sobre feridos.

O ataque foi uma reação à morte de Priscila Gonçalves Leite, de 34 anos, sobrinha de Éderson José Gonçalves Leite, conhecido como Sam. Ele é considerado líder do tráfico na Cidade de Deus e está preso desde 2003 em uma penitenciária federal. As circunstâncias da morte de Priscila não haviam sido esclarecidas até as 19h30 desta quinta-feira.

Os criminosos atacaram policiais por volta das 15 horas, quando eles faziam ronda por um trecho da favela conhecida como Caratê. Os bandidos fugiram, e a PM deslocou agentes do Batalhão de Choque e do 18º Batalhão (Jacarepaguá) para reforçarem o policiamento na comunidade.

Pelo menos um veículo foi incendiado e a Estrada Marechal Miguel Salazar Mendes de Moraes, uma das principais da região, ficou interditada por mais de uma hora. Às 19h30, o clima continuava tenso na Cidade de Deus.