27°
Máx
13°
Min

Dia D de vacinação contra a gripe no Rio

No Rio de Janeiro, o Dia D de mobilização contra a gripe levou milhares de pessoas aos mais de 550 postos de vacinação fixos e itinerantes que oferecem vacina desde as 8 horas deste sábado (30). A partir de hoje a vacina está disponível para todos os grupos alvo da Campanha de Vacinação contra a Influenza: idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a 5 anos incompletos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, doentes crônicos e profissionais de saúde.

A vacinação começou na última segunda-feira (25) exclusivamente para crianças de seis meses a 5 anos incompletos, gestantes e doentes renais crônicos. Nos quatro primeiros dias, até quinta-feira (28), cerca de 132 mil pessoas haviam sido vacinadas. A campanha de vacinação se estende até 20 de maio e a meta da pasta é imunizar pelo menos 80% dos grupos alvo, o que representa cerca de 1,2 milhão de pessoas.

Em Copacabana (zona sul), a aposentada Maria Rosa Pereira, de 72 anos, chegou ao posto de vacinação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) às 8h40 e foi rapidamente atendida. "Não fiquei mais de dez minutos na fila", contou. "A gripe parece coisa simples, mas está matando muita gente". No Estado do Rio, a H1N1 causou a morte de 17 pessoas neste ano, segundo o último balanço da Secretaria Estadual de Saúde.

Neste sábado, postos itinerantes foram montados em diversos locais em toda a cidade, como igrejas, escolas, associações de moradores, para facilitar o acesso da população. Até o fim da campanha, a vacina contra a gripe estará disponível nas mais de 200 unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) e policlínicas da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.