22°
Máx
14°
Min

Edinho garante que não haverá contingenciamento para combate ao zika

O ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom), Edinho Silva, participou na manhã desta sexta-feira, 19, na escola municipal Professor Geraldo de Almeida, em São José dos Campos (SP), da Mobilização Nacional da Educação contra o mosquito Aedes aegypti, no chamado 'Zika Day'. Indagado pelo Broadcast Político, serviço em tempo real da Agência Estado, se a crise e o contingenciamento de recursos do orçamento iriam afetar a mobilização, Edinho frisou: "Não há contingenciamento de recursos para o combate ao zika e a presidente Dilma tem reforçado isso, inclusive destinando recursos para a descoberta de uma vacina."

Ao chegar à escola, por volta das 9h30, o ministro deu uma aula sobre o combate ao mosquito, transmissor da dengue, da zika e da febre chikungunya, com orientações sobre prevenção e combate aos criadouros.

"Quando a presidente Dilma (Rousseff) soube do nascimento de bebês em Pernambuco com microcefalia, determinou ações imediatas e pediu prioridade para a descoberta de uma vacina", disse Edinho aos estudantes, acompanhado do prefeito da cidade, Carlinhos Almeida (PT).

"Dilma tem dito que um mosquito não é mais forte do que um País inteiro, vamos vencer esse mosquito", disse o ministro da Secom, repetindo o bordão propagado pela presidente da República.

O secretário municipal de Saúde de São José dos Campos, Paulo Roitberg, disse que a escola foi escolhida porque fica na periferia da zona leste, onde foram notificados dois dos cinco casos de zika registrados na cidade. "Todos esses cinco casos foram importados, quatro do Rio de Janeiro e um de Belo Horizonte", destacou.

Após a visita à escola no Zika Day, o ministro seguiu para a cerimônia de entrega de 400 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida dos Conjuntos Residenciais Colinas I e II, também em São José dos Campos. A cerimônia ocorrerá de forma simultânea com outras localidades do País e em link com a presidente Dilma Rousseff, que estará em Petrolina (PE), na entrega de 2.432 unidades. Neste momento, Edinho Silva vistoria algumas unidades do conjunto residencial.