28°
Máx
17°
Min

Escolta de secretário da Justiça é atacada por bandidos: 2 morrem

(Foto: Divulgação) - Escolta de secretário da Justiça é atacada por bandidos: 2 morrem
(Foto: Divulgação)

A escolta do secretário de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte, Wallber Virgolino, envolveu-se em um tiroteio na manhã de quinta-feira, 4, em Natal. A ação terminou com a morte de dois adolescentes. Segundo a versão do governo, os acusados haviam tentado assaltar uma loja. Os seguranças - que aguardavam o secretário em um posto de gasolina - teriam testemunhado a ação e reagido aos criminosos, iniciando a perseguição aos suspeitos.

O caso, ainda de acordo com o governo, não teria relação com os ataques registrados no Rio Grande do Norte, apesar de o secretário ser o responsável por controlar os presídios no Estado. Mas funcionários da loja de móveis que teria sido o alvo dos assaltantes e fica na Rua dos Pinheiros disseram apenas terem ouvido os disparos. Eles afirmaram que o roubo não foi ali. A mesma informação foi repassada por funcionários do posto de gasolina, que presenciaram os disparos. Nenhuma testemunha soube dizer como tudo começou.

Depois que os seguranças atirarem nos rapazes, segundo moradores da Rua Maranhão, distante uma quadra dali, os dois jovens abandonaram a moto e saíram a pé. "Eles estavam correndo, dando tiros para trás", disse uma mulher que afirmou ter testemunhado a ação. "Um dos meninos estava com a arma na mão. O outro, quando caiu, estava com arma na cintura da bermuda", afirmou.

Segundo a versão do governo, os seguranças do secretário haviam marcado de esperar o chefe no posto de combustível, quando presenciaram um roubo em andamento. Os bandidos seriam dois adolescentes, que estavam em uma motocicleta.

Os seguranças do secretário conseguiram alcançar os rapazes e atiraram nos dois suspeitos. Ambos morreram. A Divisão de Homicídios disse ter ouvido testemunhas do caso que conheciam os dois rapazes. Eles teriam afirmado que ambos tinham envolvimento com criminosos.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.