28°
Máx
17°
Min

Estradas de SP devem receber 3,6 milhões de veículos no feriado

Pelo menos 3,6 milhões de carros transitam pelas principais rodovias que ligam a capital a outras regiões do Estado de São Paulo durante o feriado prolongado da Semana Santa. O movimento maior será da capital para o interior.

Somente pelas rodovias estaduais sob concessão devem passar 1,8 milhão de veículos, segundo a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) prevê 1,13 milhão de carros nas demais rodovias estaduais. Outros 685 mil veículos seguem por rotas federais.

O tráfego aumenta a partir das 14 horas desta quinta-feira, 24, e segue intenso durante toda a manhã da Sexta-Feira Santa, 25. Mesmo com a expectativa de apenas 300 mil veículos em direção à Baixada Santista, está prevista a Operação Descida no trecho de serra do Sistema Anchieta-Imigrantes.

A Polícia Militar Rodoviária alerta para o risco de chuvas e neblina. O motorista que for seguir para a região de Botucatu, deve evitar a rodovia Marechal Rondon, totalmente interditada para obras de contenção de um deslizamento na serra, entre Conchas e Botucatu. A opção é a rodovia Castelo Branco. Quem já estiver na Rondon, deve pegar o acesso pela SP-143, em Pereiras.

No interior, outras quatro rodovias estaduais afetadas pelas chuvas estão interditadas para obras. A Comendador Américo Emílio Romi (SP-306) está fechada no km 10, em Santa Bárbara d'Oeste. Em Araçatuba, não há passagem pela Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463). A Rodovia dos Tropeiros (SP-68), está bloqueada em Cachoeira Paulista. Já a Vito Ardito (SP-62) tem interdição total em Caçapava.