22°
Máx
17°
Min

EUA monitoram tempestades e furacões e Carolina do Norte lança alerta

Um sistema meteorológico tropical deve ganhar força no próximo dia e pode gerar ventos de até 72 quilômetros por hora, além de fortes chuvas e potenciais enchentes em áreas baixas, segundo autoridades da Carolina do Norte. Até a manhã desta terça-feira, a depressão tropical tinha ventos de 56 quilômetros por hora, estava a su-sudeste de Cape Hatteras e deveria se tornar uma tempestade tropical na tarde de terça-feira, mas sem ganhar mais força.

Um alerta de tempestade tropical foi emitido para áreas da costa de Cape Lookout até Oregon Inlet, na Carolina do Norte. "Qualquer coisa é possível, mas não estamos realmente vendo qualquer tipo de fortalecimento significativo da tempestade", disse Shane Kearns, meteorologista do Serviço Nacional de Meteorologia no leste do Estado.

Ao mesmo tempo, meteorologistas no Centro Nacional de Furacões em Miami dizem que outra depressão tropical no Golfo do México pode atingir o norte da Flórida como uma tempestade tropical nesta semana e possivelmente seguir para a costa do Atlântico. Os especialistas advertiram que ainda não há certeza sobre a trajetória da tempestade.

A segunda depressão estava 495 quilômetros a oeste de Key West, na Flórida, com ventos máximos de 55 quilômetros por hora, e se movia para o oeste.

No centro do Pacífico, o furacão Madeline se fortaleceu na segunda-feira para a categoria 4, 830 quilômetros a oeste de Hilo, no Havaí, com ventos sustentados de 215 quilômetros por hora. O furacão se move a oeste a 15 quilômetros por hora. Ainda no Pacífico, o furacão Lester se enfraqueceu e agora está na categoria 3, com ventos de 205 quilômetros por hora, e segue para oeste a quase 22 quilômetros por hora, 2.305 quilômetros a leste de Hilo, no Havaí, sem apresentar nenhuma ameaça imediata para o território dos Estados Unidos. Fonte: Associated Press.