22°
Máx
16°
Min

Funcionárias e enfermeira fazem parto em estação da CPTM

No último sábado, 15, uma acontecimento mudou a rotina dos funcionários da Estação Engenheiro Manoel Feio, da Linha 12-Safira, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Daiane Pereira de Lima, de 22 anos, entrou em trabalho de parto no banheiro da estação e foi socorrida por agentes da companhia e por uma enfermeira.

Acompanhada pela mãe e por uma filha, Daiane estava indo para o Hospital Santa Marcelina do Itaim Paulista, na zona leste da capital. Ela sentiu dores e avisou o marido que iria encontrá-lo na maternidade. No caminho, foi ao banheiro e começou a passar mal.

"Me chamaram para ver o que estava acontecendo", conta Keila Santos Oliveira, de 34 anos, funcionária da limpeza da estação. "Quando entrei, ela já estava deitada no chão pedindo ajuda e sentindo contrações. Mas eu me assustei porque tenho pavor de sangue", conta. Ela chamou então outras duas funcionárias, Rosenei Cristina Machiali e Simone Cristina Glavina Lucarelli.

Por sorte, uma enfermeira também estava no banheiro no momento e auxiliou o parto. Segundo Bruna Rocha Alves, de 28 anos, que trabalha na portaria da estação, a enfermeira estava atrasada para o plantão e, assim que terminou o parto, foi embora sem deixar seu nome.

A vigilante Adriana Alves da Silva lembra que "o cordão umbilical estava em volta do pescoço da criança". "Assim que a enfermeira desenrolou e cortou o cordão, o trem chegou e ela já embarcou. Não sabemos seu nome, mas eu a vejo aqui quase todo dia. A conheço de vista. Ainda vou perguntar o nome dela", prometeu a agente.

A mãe e o recém-nascido foram encaminhados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) para o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba.