28°
Máx
17°
Min

Funcionários do Detran suspendem greve e voltam ao trabalho

Os funcionários do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) de São Paulo decidiram, na noite desta segunda-feira, 4, suspender a greve iniciada no último dia 20 em todo o Estado. Os servidores aceitaram proposta de criação de um grupo de trabalho para apresentar em 20 dias uma minuta de projeto de lei com o plano de carreira da categoria. Nesse período, será negociada a proposta de recomposição de perdas de 28%, se dada de forma imediata, ou 35% em três parcelas.

O grupo será formado por funcionários do Detran e representantes do Sindicato dos Cargos de Carreira Administrativa do Estado de São Paulo (Sincaesp). De acordo com o Sincaesp, o resultado dos estudos será apresentado em nova assembleia que decidirá pela aceitação da proposta ou pela retomada da greve.

Ainda segundo o sindicato, o abono dos dias parados ainda será negociado. Já o Detran informou que o desconto feito na folha de pagamento pelos dias parados será ressarcido mediante compensação.

A greve atrasou a emissão de documentos de veículos novos, transferência de veículos usados e licenciamentos em todo o Estado. Em muitas cidades, a emissão de documentos que eram liberados no mesmo dia está atrasada até 15 dias.

Segundo o Detran, com o retorno dos profissionais ao trabalho, os prazos para emissão de documentos devem gradativamente voltar à normalidade.