22°
Máx
16°
Min

Furacão Newton segue em direção aos EUA após deixar dois mortos no México

O furacão Newton perdeu a força e se transformou em uma tempestade tropical nesta quarta-feira, depois de atingir os resorts de Baixa Califórnia, no México, como furacão. Mesmo com menor poder de destruição, deixou um saldo de duas mortes e três desaparecidos. Agora a tempestade segue seu caminho esperado em direção à fronteira dos EUA, com chuvas potencialmente perigosas previstas para os estados norte-americano do Arizona e Novo México.

Newton primeiro chegou em terra perto das estâncias de Los Cabos, na terça-feira, como um furação categoria 1, com ventos de 150 km por hora, encharcando a área com chuva torrencial. A tempestade quebrou janelas, derrubou árvores e interrompeu o fornecimento de energia, mas a área foi poupada de danos mais severos como os vistos há dois anos quando foi atingida por uma tempestade mais forte.

Um barco de camarão virou no mar agitado do Golfo da Califórnia, matando duas pessoas e deixando três desaparecidos, disseram as autoridades. O barco havia saído do porto de Ensenada e se dirigia para Mazatlan.

Depois de passar pela região de resorts, Newton seguiu em direção ao Norte, numa região pouco povoada da península e, em seguida, atingiu o Golfo durante a noite. Na manhã desta quarta-feira, seu centro estava a cerca de 85 quilômetros a noroeste de Hermosillo, México e a 285 quilômetros a sudoeste de Tucson, Arizona, e estava se movendo para o norte em cerca de 30 quilômetros por hora, com ventos máximos sustentados de 90 quilômetros por hora.

Depois de passar sobre áreas relativamente pouco povoadas, o Centro Nacional de Furacões dos EUA disse que Newton poderia ir em direção ao sudeste do Arizona nesta tarde, provocando chuvas por lá e em partes de Novo México. "A chuva pesada pode causar ameaças de risco de como enchentes e deslizamentos de terra, especialmente em terreno montanhoso", disse o centro.

Fonte: Associated Press