28°
Máx
17°
Min

Furto de cabos interrompe circulação de trens em 22 estações no Rio

Um furto de cabos levou à interrupção da circulação de trens em 22 estações na manhã desta quinta-feira, 25, no Rio de Janeiro. O serviço ficou quatro horas parado no trecho entre as Estações Gramacho e Saracuruna e nas extensões Vila Inhomirim e Guapimirim e só foi normalizado às 8h30. Cerca de 8 mil pessoas foram afetadas.

O furto de cabos foi identificado durante a madrugada. De acordo com a assessoria da SuperVia, empresa que opera o serviço de trens, os técnicos concluíram os reparos de recuperação da rede aérea nas proximidades da Estação Gramacho após o furto de cabos.

A concessionária informou, ainda, que fará o registro em delegacia.

O furto de cabos é um dos principais tipos de vandalismo sofridos pela concessionária, que registrou 355 ocorrências nesse ano. Por causa disso, o governo estadual implementou, no final de 2014, o projeto "Segurança na Via", que destinou R$ 100 milhões para a construção de muros, passarelas e viadutos.

Uma das regiões prioritárias contempladas é justamente o trecho entre Gramacho e Saracuruna.