22°
Máx
14°
Min

Homem se suicida após assassinar ex-mulher no interior

O comerciante Luiz Antônio Gasparini, de 30 anos, foi encontrado com um tiro na boca, na madrugada deste sábado (24), um dia depois de ter assassinado a ex-mulher, em Itápolis, interior de São Paulo. Ele era procurado pela polícia desde o crime. Policiais militares foram até sua casa para prendê-lo e o encontraram ferido, mas ainda com vida. O homem morreu a caminho do hospital. Segundo a polícia, Gasparini teria dado um tiro na boca ao perceber o cerco policial. A Polícia Civil investiga o caso.

O comerciante não aceitava o fim do casamento com Elielma Vieira, de 26 anos, e estaria ameaçando a ex-mulher. Com medo, ela se refugiou no sítio do irmão de seu novo companheiro. Na sexta-feira (23), Gasparini foi atrás da mulher e a matou com um tiro e várias marteladas. Ele também atirou contra o dono do sítio que tentou defendê-la. Atingido no peito, o homem passou por cirurgia na Santa Casa e continuava internado neste sábado.

Em outro caso de feminicídio, na quinta-feira (22), Ana Carolina Amorim, de 38 anos, foi morta a tiros pelo ex-marido Edney Vilas Boas, de 32, em Caçapava. A vítima foi abordada quando saía do supermercado onde trabalhava. Um policial militar de folga presenciou o crime e tentou abordar o autor do disparo, que teria reagido. O policial deu dois tiros em Vilas Boas. Ele morreu na hora. No bolso do homem foi encontrada uma carta em que ele acusava a ex-mulher de traição. O casal deixou quatro filhas.