22°
Máx
14°
Min

Incêndio pode dobrar de tamanho e reduzir em 25% produção de petróleo do Canadá

Edmonton, 07 (AE) - Autoridades do Canadá temem que um grande incêndio possa dobrar de tamanho até o fim deste sábado. Diante da crise, moradores continuam a ser retirados de suas casas em Fort McMurray, cidade próxima de áreas de produção de petróleo em areias betuminosas. O fogo pode significar um corte de até 25% na produção petrolífera canadense.

Milhares de pessoas deixaram suas casas e o transporte delas continua a ocorrer neste sábado. Militares e policiais monitoram a procissão de centenas de veículos que retiram as vítimas. Na sexta-feira, 8 mil pessoas deixaram a área. Segundo autoridades, outras 5.500 seriam retiradas até o fim da sexta-feira e mais 4 mil neste sábado.

Mais de 80 mil pessoas já deixaram Fort McMurray, onde o fogo queimou 1.600 casas e outras construções. A situação pode levar à redução de até um quarto da produção de petróleo do país e deve causar impacto econômico, em um país já afetado pela dramática redução nos preços da commodity nos últimos anos.

O governo provincial de Alberta,que decretou estado de emergência, disse na sexta-feira que o tamanho do área atingida aumentou para 101 mil hectares, ou cerca de 1 mil quilômetros quadrados. Não há registro de vítimas.

O gerente de prevenção de incêndios de Alberta, Chad Morrison, disse que havia "um grande potencial de que o fogo pudesse dobrar de tamanho" até o fim deste sábado. Ele previa que o fogo se espalhasse para uma área florestal mais remota, a nordeste de Fort McMurray. Condições muito secas e altas temperaturas, de 27º Celsius, eram esperadas para este sábado na região, além de fortes ventos. Morrison disse que era necessário chover para combater o fogo. "Nós não temos tido chuva significativa nesta área nos últimos dois meses", afirmou. "Esse fogo continuará por um período muito longo até que vejamos chuvas significativas."

Morrison disse que o tempo deve estar mais fresco neste domingo e na segunda-feira. Segundo a previsão meteorológica no país, há 40% de chance de chuva na área no domingo.

A região tem a terceira maior reserva de petróleo entre as reconhecidas no mundo, atrás apenas da Arábia Saudita e da Venezuela. Um analista da RBC Capital Markets, Greg Pardy disse que até 1 milhão de barris por dia podem deixar de ser produzidos. Isso significa mais de um terço da produção total do Canadá em areias betuminosas, apontou o analista. Fonte: Associated Press.