21°
Máx
17°
Min

Irlandês preso por cambismo na Olimpíada deixa prisão

(Foto: Arquivo / EBC) - Irlandês preso por cambismo na Olimpíada deixa prisão
(Foto: Arquivo / EBC)

O irlandês Kevin James Mallon, preso por cambismo durante os jogos Olímpicos Rio 2016, deixou na noite deste sábado o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, zona oeste do Rio, de acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap). A liberação ocorreu após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que concedeu liminar a Mallon na sexta-feira.

O irlandês só foi solto ontem porque não havia tornozeleira eletrônica disponível para seu monitoramento fora da prisão. Ele deixou a penitenciária sem o equipamento após autorização de um juiz de plantão. Foram determinadas medidas cautelares, como a apreensão de seu passaporte.

Mallon, detido em 5 de agosto, é acusado de envolvimento com uma quadrilha internacional de cambistas. O esquema envolveria o Comitê Olímpico da Irlanda e a empresa britânica THG, da qual era diretor.

Ao ser preso, o irlandês estava com ingressos falsos para competições da Olimpíada. Ele foi autuado pelos crimes de associação criminosa, marketing por emboscada e facilitação de cambismo. Durante a ação, os policiais civis apreenderam mais de 1 mil ingressos que eram comercializados por valores muito acima dos oficiais.