22°
Máx
17°
Min

Ministério diz que não falta vacina contra a gripe H1N1

O Ministério da Saúde divulgou no início da noite desta segunda-feira, 2, uma nota em que garante não haver falta de vacina contra a gripe. De acordo com a pasta, Estados brasileiros receberam até o sábado 71% do total de doses previamente estabelecido. São Paulo, por exemplo, teria recebido 78% do previsto. Estados do Norte teriam recebido 100% do acordado.

A distribuição do imunizante este ano teve início quase um mês antes da Campanha Nacional de Vacinação. A estratégia foi adotada em virtude da antecipação da epidemia de gripe, que geralmente tem início no outono. Quando a medida foi adotada, a pasta recomendou que Estados reservassem um quantitativo de vacinas para a campanha de vacinação.

De acordo com a nota, foram distribuídas no País 54 milhões de doses de vacinas, o suficiente para imunizar 49,8 milhões de pessoas. Este ano, foi adquirido um excedente de 4 milhões de doses, algo que comumente é realizado.

A antecipação da vacinação este ano reduziu a necessidade de que todos Estados participassem da campanha, realizada no sábado. Em muitos locais, de acordo com a pasta, a cobertura vacinal obtida até o momento já é alta.

São Paulo

Dezenas de cidades do interior de São Paulo não realizaram vacinação contra a gripe nesta segunda-feira, 2, por falta de vacinas. No sábado, 30, o dia D da vacinação, houve grande correria aos postos e os estoques disponíveis esgotaram rapidamente.