22°
Máx
17°
Min

Morre segundo metalúrgico vítima de acidente na CSN

Morreu na manhã desta quarta-feira, 4, mais um metalúrgico ferido num acidente na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em Volta Redonda (RJ), em março passado. O operador Renan Martins, de 29 anos, estava internado em estado grave no Hospital Oeste D'Or, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, para tratamento das queimaduras que sofreu durante o acidente.

Em 25 de março, quatro pessoas ficaram feridas num acidente na área de zincagem na Usina Presidente Vargas da CSN. As causas ainda não foram divulgadas. O operário Wanderlei dos Santos, de 38 anos, foi a primeira vítima fatal. Morto em abril, ele teve 70% do corpo queimado e passou semanas internado, mas não resistiu aos ferimentos.

Outras duas vítimas tiveram de 20% a 30% de seus corpos queimados e permanecem internadas no hospital: Aluenio Alves, mecânico, de 31 anos, e Denis da Silva, operador, de 37 anos.

Em nota, a CSN lamentou o falecimento do metalúrgico e informou que está prestando auxílio à família do funcionário. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, Silvio Campos, também divulgou nota de pesar lamentando o falecimento de Martins.

Ainda não há informações sobre horário e local do enterro do operário. Martins trabalhava na Usina Presidente Vargas havia dez anos.