21°
Máx
17°
Min

Morre terceira vítima de acidente de março na CSN, diz Sindicato

Morreu nesta sexta-feira Dênis da Silva, 37 anos, funcionário da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) acidentado em 25 de março, informou nesta sexta-feira, 6, o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense. Silva é a terceira de quatro vítimas do acidente a falecer. Segundo o sindicato, ele ficou 40 dias internado no Hospital Oeste D'Or, no Rio.

Quatro pessoas ficaram feridas no acidente, na área de zincagem na Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda, no lado fluminense do Vale do Paraíba. As causas ainda não foram divulgadas.

O operário Wanderlei dos Santos, de 38 anos, foi a primeira vítima a morrer, em abril. Ele teve 70% do corpo queimado e passou semanas internado, mas não resistiu aos ferimentos. Na quarta-feira, morreu o operador Renan Martins, de 29 anos. Aluenio Alves, mecânico, de 31 anos, teve de 20% a 30% do corpo queimado e permanece internado.