21°
Máx
17°
Min

Mortos em terremotos chegam a 45 no Japão, que ainda enfrenta tremores

O sul do Japão, já atingido por um terremoto, sofreu com um tremor secundário nesta terça-feira. Além disso, as equipes de resgate encontraram o corpo de uma mulher sob escombros, o que elevou o número de mortos pelos terremotos no país para 45.

Mais de 100 mil pessoas tiveram de deixar suas casas no país, algumas dormiam em carros e outras em centros comunitários. Muitas pessoas temiam ficar em suas residências por causa dos tremores secundários, que continuavam a ocorrer na ilha de Kyushu, no sul japonês, entre eles um tremor de magnitude 5,5 ocorrido na tarde desta terça-feira.

Autoridades aconselham que as pessoas fiquem nos carros ou em abrigos. Além disso, recomendam que as pessoas se movimentem para evitar trombose ou outros problemas causados pela imobilidade durante períodos prolongados. A imprensa japonesa informou que uma mulher de 51 anos de Kumamoto morreu por esse motivo na segunda-feira. Pelo menos 23 pessoas desenvolveram sintomas, informou a agência de notícias Kyodo. O hospital Saiseikai Kumamoto disse na terça-feira que tinha dez casos diagnosticados, dois deles em estado grave.

No entorno de Kumamoto, houve dois tremores num intervalo de 28 horas, o que gerou deslizamentos e bloqueou estradas. Pelo menos 1.200 casas foram destruídas. Além das 45 mortes, cerca de 1.100 pessoas se feriram. Fonte: Associated Press.