23°
Máx
12°
Min

MP entra com ação na Justiça pedindo readmissão de funcionários da Samarco

Ação civil do Ministério Público do Trabalho e do Ministério Público do Estado de Minas Gerais pede a readmissão de todos os trabalhadores dispensados da Samarco após o rompimento da barragem de Fundão, no município de Mariana (MG). A intenção é que os empregados tenham os seus postos e salários retomados até que as operações da mineradora voltem ao normal.

Outro pedido é que a empresa pague indenização por danos morais coletivos no valor de R$ 200 mil.

A ação foi distribuída na Justiça do Trabalho de Ouro Preto. Em nota, o procurador do Trabalho, Geraldo Emediato de Souza afirma que apesar do "Ministério Público ter se pautado pelo absoluto fomento ao diálogo, temos percebido uma postura da Samarco que vai contra os direitos e interesses dos trabalhadores, o que não podemos admitir".

O Promotor de Justiça Carlos Eduardo Ferreira Pinto destacou ainda que o rompimento da barragem em Mariana foi o "maior dano ambiental de nossa história e como tal deve ser encarado". "Os trabalhadores são verdadeiros atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão e não podem ser penalizados por isto."