24°
Máx
17°
Min

Mulher resgatada por bombeiros em córrego na Grande SP morre

A mulher que havia sido resgatada pelo Corpo de Bombeiros em um córrego em Ferraz de Vasconcelos, na região metropolitana, na tarde de quarta-feira, 17, morreu no hospital.

A Secretaria estadual da Saúde, responsável pela administração do Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, onde ela estava internada, confirmou a morte mas não soube precisar o motivo.

Lindalva Pereira de Pinho, de 38 anos, chegou a ser socorrida de dentro da água e reanimada pelos bombeiros no local. Segundo a corporação, ela deu entrada no hospital em parada cardiorrespiratória e estava em estado grave no fim da tarde.

Lindalva, um homem e uma criança, ainda não identificados, foram retirados do córrego por volta das 18 horas, após o carro em que eles estavam cair na água. No momento do acidente, chovia forte na Grande São Paulo. Uma retroescavadeira chegou a ser usada por moradores para tentar tirar o carro da água, sem sucesso.

Transtorno

A chuva que atingiu a cidade de São Paulo na tarde de quarta-feira causou o transbordamento de três córregos e fez a capital voltar a bater o recorde de trânsito do ano, com 263 quilômetros congestionados às 18h30.