23°
Máx
12°
Min

Nível do Sistema Cantareira fica estável neste sábado

O nível de água armazenada nas represas que abastecem a capital paulista e a Grande São Paulo manteve-se praticamente estável de ontem para hoje, com pequenas variações para baixo. Segundo dados atualizados nesta manhã pela Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp), o volume de água no Sistema Cantareira ficou em 76,6% de sua capacidade, estável em relação a sexta-feira. Na quinta-feira, 21, o volume de água represado nos reservatórios deste sistema era de 76,7%.

O índice considera a cota de água armazenada no chamado volume morto. Sem considerar o volume morto, o indicador também não sofreu alteração neste sábado, seguindo em 47,3%. A média histórica de chuvas para meses de julho no Cantareira é de 49,8 mm. O sistema abastece 8,1 milhões de habitantes das zonas norte, central, parte da leste e oeste da capital paulista e os municípios de Franco da Rocha, Francisco Morato, Caieiras, Osasco, Carapicuíba e São Caetano do Sul. O Cantareira ainda atende parte de Guarulhos, Barueri, Taboão da Serra e Santo André.

Já no Sistema Alto Cotia sofreu redução de 0,2 ponto porcentual no nível de água estocada, passando de 99,1% de sua capacidade para 98,9% de ontem para hoje. O Sistema Guarapiranga também teve seu volume de água ligeiramente reduzido na passagem de sexta para hoje, em 0,3 ponto porcentual, para 86,4%.

No Alto Tietê, houve declínio de 0,1 ponto porcentual, para 45,1%, e queda de 0,67 ponto no Sistema Rio Claro, para 89,8%, entre ontem e hoje. No Rio Grande, a variação foi positiva, com o nível de água armazenada subindo 0,3 ponto porcentual, de 78,8% para 79,1%.