21°
Máx
17°
Min

No Dia Mundial dos Animais, ONG pede ajuda para construir abrigo

No Dia Mundial dos Animais, ONG pede ajuda para construir abrigo

Nesta terça, 4 de outubro, é festejado o Dia Mundial dos Animais. Existem no Brasil hoje 52 milhões de cães e 22 milhões de gatos, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde de 2013, feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Mas será que esses números são motivo de comemoração? Dados da OMS (Organização Mundial da Saúde) apontam que há no país 30 milhões de animais abandonados. Maltratar, abusar e abandonar animais são crimes previstos na Lei de Crimes Ambientais 9.605, de 12 de fevereiro de 1998. As penas variam de 3 meses a 1 ano de prisão, além de multa.

Para ajudar a diminuir esse problema, a Associação MaxMello de Amparo à Vida Animal cuida de cerca de 400 cães e gatos abandonados em um sítio de 1.000 m2, em Ibiúna, no interior de São Paulo. No entanto, passados 12 anos, o local tornou-se pequeno para acomodar e cuidar adequadamente de tantos bichos. Para construir um novo abrigo em um terreno doado de 30.000 m2, em Piedade, a 40 km de Ibiúna, a MaxMello lançou uma campanha de crowdfunding.

“Precisamos de mais espaço para cuidar bem dos nossos bichos. Em Piedade, pretendemos construir 50 canis, um gatil e toda a infra-estrutura para acolher animais que sofreram maus-tratos e merecem uma vida melhor”, diz Sandra Guilarducci, dona da ONG. A campanha, que fica no ar até o dia 12 de outubro, arrecadou até agora apenas 2% do valor solicitado de R$ 950 mil. Mas todos podem ajudar: as doações começam em R$ 10.