28°
Máx
17°
Min

Paiol da Imbel explode em Juiz de Fora

Um paiol da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel) explodiu na noite de terça-feira, 16, e provocou um incêndio, controlado pelos bombeiros. O paiol estava vazio na hora do acidente e não houve vítimas. Equipes do Corpo de Bombeiros, da empresa e do Exército voltaram ao local nesta quarta-feira, 17, para avaliar os danos e iniciar a investigação das causas da explosão. A estatal, que fabrica armas, munições, pólvora e explosivos, foi criada em 1975 e está vinculada ao Ministério da Defesa, sob coordenação do Exército.

Em nota, a Imbel informou que o paiol está localizado fora da área urbana de Juiz de Fora e que, apesar da forte intensidade da explosão, a propagação do choque foi reduzida por causa de uma barreira de terra que circunda a instalação. Segundo a empresa, o paiol armazena explosivos e tem as condições de temperatura e umidade controladas permanentemente. Um inquérito técnico-administrativo foi aberto para descobrir que tipo de falha causou o acidente.

Apesar dos esforços para contenção do choque, casas e veículos do bairro Araújo, na periferia de Juiz de Fora, foram danificados, com vidros, portas e telhados quebrados. Na nota, a Imbel disse estar "tomando as medidas necessárias para o restabelecimento da normalidade" e afirmou não haver risco para a população.

Os bombeiros fazem nesta quarta-feira uma vistoria nas casas da região para verificar se houve abalo estrutural nas casas e se há risco de novos danos.