23°
Máx
12°
Min

Parada Gay contrata empresa organizadora de carnaval e quer captar R$ 5 mi

Em ano de crise econômica, a Parada Gay de São Paulo busca se profissionalizar. Neste ano, a 4X Entretermaint, que já participou da organização do carnaval da Bahia, assumiu a captação de recursos com empresas públicas e privadas. A expectativa é coletar R$ 5 milhões para a realização da festa, cujo tema será a aprovação da Lei de Identidade de Gênero para travesti e transexuais. O evento será na Avenida Paulista, no dia 29 deste mês, a partir das 10 horas.

A intenção da associação responsável pela Parada é dobrar o orçamento em relação ao ano passado, quando foram captados R$ 2,5 milhões. A Prefeitura de São Paulo vai investir R$ 1,5 milhão ante R$ 1,3 milhão gastos em 2015.

"Não é demérito essa profissionalização. A gente reconheceu nossas limitações", disse Nelson Pereira, diretor da Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo. "Todos nós somos voluntários e tentamos fazer tudo ao mesmo tempo. Basicamente tomava muita energia e não dava o resultado que a gente esperava."

Segundo Pereira, a parceria vai abrir espaço para a realização de atividades paralelas. "Agora vai dar para fazer militância."