27°
Máx
13°
Min

Pedreiro confessa ter matado menina de 6 anos no Rio

O pedreiro Alfredo Santos de Oliveira, de 53 anos, confessou nesta sexta-feira, 1º, ter raptado e matado Ana Carolina Flor dos Santos, de 6 anos, segundo a Polícia Civil do Rio. O pedreiro indicou onde havia escondido o corpo da menina, que foi localizado e reconhecido. Oliveira será indiciado - provavelmente por sequestro e homicídio.

A criança estava na casa da avó, em Vaz Lobo, na zona norte do Rio, quando desapareceu, no último sábado, 26.

A Polícia Civil analisou câmeras de segurança de prédios da avenida Edgar Romero, nas imediações do local do desaparecimento, e identificou um homem que seria Oliveira andando de mãos dadas com a menina. Uma testemunha também afirmou ter visto o pedreiro caminhando com a menina, no sábado.

O pedreiro, que já tinha uma passagem pela polícia por lesão corporal, foi preso preventivamente na última quinta-feira, 31.

Oliveira diz ser usuário de cocaína e inicialmente admitiu ter estado com a criança e ser o homem flagrado nas filmagens, mas que não havia cometido nenhum crime. Em um discurso incoerente, segundo a polícia, ele disse ter deixado a menina em um bar na Serrinha, em Madureira, mas não soube explicar por que estava com ela.

Nesta sexta, porém, Oliveira admitiu o crime. O corpo da criança foi encontrado em um buraco à margem da Avenida Pastor Martin Luther King, em Vicente de Carvalho (zona norte do Rio).