26°
Máx
19°
Min

Polícia Federal prende falso médico que atuava em Sorocaba

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira, 8, um suposto falso médico que há seis anos vinha prestando serviços a hospitais e laboratórios clínicos, em Sorocaba, interior de São Paulo. O suspeito, identificado como Katiuce Arantes Martins, de 42 anos, teria apresentado um diploma falso de uma universidade da Bolívia para conseguir a revalidação do registro em uma universidade federal do Ceará. A PF descobriu que o suspeito nunca havia frequentado aquela universidade.

O falso médico atendeu cinco hospitais de Sorocaba e atuou também nas cidades de Votorantim, Itu e Mairinque, na mesma região, além de outros Estados, como Goiás e Bahia. Ele chegou a constituir uma empresa para prestar serviços de ultrassonografia. A PF cumpriu mandados de busca em clínicas e hospitais de Sorocaba e Votorantim a fim de comprovar a fraude.

O falso médico é brasileiro, natural de Minas Gerais. Segundo a polícia, os pacientes atendidos pelo suspeito serão notificados para fazer novos procedimentos. Ele foi levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. O advogado de Martins informou que por ora não se manifestará.