28°
Máx
17°
Min

Pontualidade dos voos atinge 95,6% na primeira semana da Olimpíada

(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas) - Pontualidade dos voos atinge 95,6% na primeira semana da Olimpíada
(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas)

O índice de pontualidade nos aeroportos brasileiros na primeira semana da Olimpíada foi de 95,6%. Conforme o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, a marca foi recorde para operações especiais no setor aéreo brasileiro. O resultado considera o período de 31 de julho a 6 de agosto, considerado um dos picos de demanda aeroportuária durante o megaevento esportivo. 

Nos nove aeroportos que concentram maior volume de chegadas e saídas para a Rio 2016, foram transportados cerca de 2,87 milhões passageiros, dos quais aproximadamente 595 mil nos dois aeroportos do Rio. Só o aeroporto de Guarulhos movimentou mais de 715 mil passageiros na primeira semana do evento. As estatísticas operacionais são apuradas diariamente pela Sala Master de Comando e Controle da Aviação Civil para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, localizada no Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea.

O patamar de atrasos de 4,4% está acima da excelência prevista no planejamento do setor de aviação para o período da Rio 2016. O governo brasileiro, por meio da Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias), trabalha com a meta de manter abaixo de 15% os atrasos de até 30 minutos do horário da partida dos voos. Para efeito de comparação, durante a Copa do Mundo o atraso médio medido foi de 8,8%.

O número total de partidas programadas nos nove aeroportos, no período, foi de 9.250. Santos Dumont e Galeão, juntos, somaram 2.133, enquanto o aeroporto de Guarulhos (SP), sozinho, teve 2.022. Foram registrados 72 voos VIPs e realizado atendimento a 42 chefes de Estado, além de chefes de governo e autoridades internacionais.

Colaboração CNT