23°
Máx
12°
Min

Por merenda, estudantes ocupam prédio administrativo do Centro Paula Souza

Alunos das Escolas Técnicas do Estado (Etecs) ocuparam na tarde desta quinta-feira, 28, um prédio administrativo do Centro Paula Souza - autarquia do governo estadual responsável pela administração das unidades -, na Luz, região central de São Paulo. Os estudantes protestam contra cortes na merenda e defendem que todas as escolas tenham alimentação.

Na manhã desta quinta-feira, os alunos fizeram uma manifestação na Avenida Paulista e, depois, seguiram para o prédio, na Rua Paula Souza. Eles decidiram em assembleia que, se a diretora-superintendente do centro, Laura Laganá, não os recebessem para uma conversa, o prédio seria ocupado.

Por volta das 15h30, os alunos entraram no prédio. Segundo uma estudante, cerca de 300 estudantes estão no local.

No dia 20, reportagem do jornal O Estado de S. Paulo mostrou que escolas técnicas da rede estadual de São Paulo na capital estão sem merenda ou com o fornecimento irregular desde o início do ano letivo. Em algumas unidades, os alunos recebem apenas a comida seca (bolachas, barra de cereal e suco), que às vezes não é distribuída por semanas. Em outras, não há o fornecimento de nenhum alimento.

Na ocasião, o Centro Paula Souza admitiu o problema e disse que trabalhava para solucionar "questões pontuais", com a readequação da estrutura disponível em algumas unidades e a negociação com as prefeituras e a Secretaria Estadual da Educação.