28°
Máx
17°
Min

Presidente da Gaviões da Fiel é espancado ao sair de reunião com promotor

(Foto: Divulgação)  - Presidente da Gaviões da Fiel é espancado ao sair de reunião com promotor
(Foto: Divulgação)

O presidente da Gaviões da Fiel, principal organizada do Corinthians, Rodrigo de Azevedo Lopes Fonseca, conhecido como Diguinho, e o primeiro-secretário da torcida, Cristiano de Morais Souza, o Cris, foram espancados por volta das 12h desta quarta-feira. O confronto ocorreu no estacionamento de um supermercado na Capital.

Diguinho e Cris foram agredidos quando estavam saindo de uma reunião entre torcidas organizadas no Fórum Criminal da Barra Funda. O encontro foi convocada pelo promotor Paulo Castilho, do Ministério Público do Estado de São Paulo.

Cris teve vários dentes da boca quebrados e sofreu ferimentos na cabeça. Já Diguinho quebrou os dois braços. Ambos foram atingidos por barras de ferro.

A Secretaria de Segurança Pública confirmou a briga, mas informou que não foi registrado de ocorrência. Quando a Polícia Militar chegou ao local, o tumulto já havia acabado. Os acusados pela agressão ainda não foram identificados.

A primeira suspeita entre os integrantes da Gaviões da Fiel era de que os diretores da organizada teriam sido agredidos por torcedores do Palmeiras. Depois, veio a versão de que são-paulinos que estariam em um automóvel Tucson, da marca Hyundai, foram os responsáveis pelo espancamento.