24°
Máx
17°
Min

Ressaca destrói calçadão em Niterói

Parte da calçada ao longo da praia de Piratininga, em Niterói (Região Metropolitana do Rio), foi destruída pela força das ondas, no fim da madrugada desta quinta-feira (28). Ninguém se feriu, mas o local precisou ser interditado. A ressaca marítima, causadora de ondas de até 3,5 metros de altura no litoral fluminense, começou na quarta-feira (27) e deve se estender até sexta-feira (29), segundo o Centro de Hidrografia da Marinha.

Segundo a Prefeitura de Niterói, a área em Piratininga, que há anos sofre com ressacas marítimas, será submetida a reformas. Elas devem começar em setembro, porque antes será preciso definir a técnica mais adequada para o local.

Rio

A capital fluminense também registrou ressaca marítima, ventos de até 66 km/h e tempo nublado, com chuva fraca ocasional, nesta quinta-feira. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a temperatura máxima registrada na cidade pelo sistema Alerta Rio foi de 24,5ºC, às 10h30, na estação Barra/Riocentro (zona oeste), e a temperatura mínima foi de 16,6ºC, medida às 15h45 no Alto da Boa Vista (zona norte). A maior sensação térmica foi de 25,4ºC, na estação Barra/Riocentro, às 10h30. Segundo o Centro de Operações, durante a noite anterior a temperatura na cidade chegou a 19,9ºC, às 23 horas. O tempo deve continuar nublado e frio nesta sexta-feira (29).