22°
Máx
17°
Min

Ribeirão Preto registra já 15.617 casos de dengue em dois meses, o triplo de 2015

(Foto: Venilton Kuchler/ ANPr) - Ribeirão Preto registra já 15.617 casos de dengue em dois meses, o triplo de 2015
(Foto: Venilton Kuchler/ ANPr)

O município de Ribeirão Preto (SP) registrou 15.617 casos confirmados de dengue no primeiro bimestre de 2016, o triplo dos 5.200 casos relatados em 2015 inteiro. A cidade segue em estado de emergência e caminha para o recorde obtido em 2010 de casos em um único ano, com 29.637. O total apenas nos dois primeiros meses deste ano já superou a epidemia de 2013, com 13.179 casos naquele ano e já neste mês deve se aproximar dos 23.384 registros de 2011.

Há ainda 36.193 casos suspeitos da doença no município. A Secretaria de Saúde já estimou ser possível Ribeirão Preto registrar 60 mil casos de dengue em 2016. Caso a estimativa se concretize, a doença atingiria em torno de 10% da população estimada em 600 mil e 650 mil habitantes.

Segundo a vigilância epidemiológica, 2.531 casos suspeitos de zika foram registrados em 2016, até fevereiro, em Ribeirão Preto, 425 deles em gestantes. Dos casos notificados como suspeitos de zika em mulheres grávidas, 45 já foram confirmados e 25 descartados. Ainda não foram registrados casos de microcefalia.

A vigilância epidemiológica notificou ainda outros 106 casos suspeitos de febre chikungunya, mas nenhum foi confirmado. Em 2015, foram dois casos confirmados da doença na cidade, ambos importados.