22°
Máx
14°
Min

Rio tem ventos de mais de 120 km/h e bairros ficam sem luz

Ventos de até 122,8 km/h e chuvas fortes provocaram, na noite de domingo, 21, e na madrugada desta segunda-feira, 22, queda de árvores e corte no fornecimento de energia elétrica em bairros da zona sul, norte e oeste do Rio. Alguns locais, como parte do bairro do Grajaú, na zona norte, só tiveram o abastecimento de energia restabelecido no início desta noite. O Centro de Operações Rio da prefeitura decretou estado de atenção entre as 20h25 deste domingo e 5h47 desta segunda-feira.

O registro de vento de 122,8 km/h aconteceu às 20h do domingo, no Forte de Copacabana, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. De acordo com os parâmetros do Sistema Alerta Rio, ventos acima de 76 km/h são de intensidade muito forte. A queda de árvores provocada pela ventania provocou a interdição no trânsito em pelo menos 14 ruas da cidade.

As fortes chuvas levaram também ao corte no abastecimento de energia no estádio no Maracanã no domingo, antes da festa de encerramento dos Jogos. Para enfrentar o problema, foi necessário acionar geradores. De acordo com nota enviada pela Light, concessionária fornecedora de energia elétrica, na manhã desta segunda a empresa ainda trabalhava para restabelecer a energia em trechos nos bairros da Tijuca, na zona norte, e em Laranjeiras, zona sul.

Segundo a concessionária, esses bairros foram fortemente afetados por ventos, chuvas fortes e quedas de árvores de grande porte.

"A Light segue atuando para restabelecer o fornecimento de energia para os locais afetados pela chuva e ventos que atingem a cidade desde a tarde de ontem. A empresa aumentou em 30% o seu efetivo de campo para atender essas ocorrências. Em regiões como Recreio e Barra, por exemplo, as equipes tiveram que percorrer um trecho em local de difícil acesso, dentro da mata fechada", informou a concessionária.