23°
Máx
12°
Min

Tiroteio em favela cancela aulas em escola e faculdade na zona norte do Rio

As aulas no Colégio de Aplicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (CAp-UERJ) e na Universidade Estácio de Sá, ambos no Rio Comprido, zona norte do Rio, foram suspensas na manhã desta segunda-feira, 12, por causa dos intensos tiroteios que vêm sendo registrados no Morro do Turano, no bairro, desde sexta-feira, dia 9.

Traficantes de uma facção rival à que dominava a venda de drogas na favela invadiram o morro e trocaram tiros tanto com os criminosos quanto com policiais. Os piores confrontos foram no domingo (11). O Turano conta com uma Unidade de Polícia Pacificadora desde 2010, mas o tráfico de drogas persiste.

Um traficante morreu e quatro pessoas ficaram feridas nos embates. Motoristas que passavam pela Avenida Paulo de Frontin para acessar o Túnel Rebouças (que liga a zona norte à zona sul) foram surpreendidos pelos tiros.

No perfil do grupo comunitário Rio Comprido Alerta no Facebook, moradores da região, assustados, vêm compartilhando informações e vídeos em que é possível ouvir a intensidade dos tiroteios. Agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) reforçaram o policiamento no morro. Bandidos fugiram para favelas próximas.