28°
Máx
17°
Min

Tiroteios entre traficantes e policiais no Rio deixam 2 mortos e seis feridos

Duas pessoas foram mortas e seis ficaram feridas em tiroteios entre traficantes e policiais nas favelas do Complexo do Alemão, zona norte do Rio, neste final de semana. Entre os feridos, estão uma criança de 7 anos, um homem de 62, um suposto traficante, um morador da comunidade e dois policiais. Um dos mortos é Igor Quirino Lopes da Silva, o Salgadinho, de 27 anos, que tinha mandado de prisão pela morte do soldado Fábio Gomes da Silva, de 30 anos, em junho de 2014. A polícia não divulgou o nome do segundo morto.

Os feridos foram levados para a unidade de Pronto Atendimento Municipal da Pavuna e para os hospitais estaduais Albert Schweitzer e Getúlio Vargas, nas zonas oeste e norte. O tiroteio começou na tarde de sexta-feira, 15, na favela Nova Brasília, onde há quatro anos funciona uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Segundo o comando da UPP, PMs patrulhavam uma rua sem saída por volta das 16h30 quando se depararam com traficantes armados. Houve tiroteio. Os criminosos fugiram. Os policiais encontraram, segundo a corporação, 123 trouxinhas de maconha deixadas pelo bando.

Em represália, às 19h, traficantes passaram a atirar contra policiais das UPPs de Nova Brasília e Alemão, que circulavam pelas favelas. Um PM da UPP Alemão foi baleado no Largo do Bulufa e medicado no Getúlio Vargas. Outro PM se feriu sem gravidade. De acordo com a polícia, um homem foi preso. Depois do confronto, policiais da UPP Alemão localizaram dois homens e uma criança feridos por tiros em unidades de saúde da região. PMs do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Grupamento de Intervenções Táticas das UPPs e do Batalhão de PMr da Maré (22º BPM) reforçaram o policiamento nas comunidades, com o emprego do blindado Caveirão.

No sábado, policiais da UPP Fazendinha checavam se os bandidos tinham montado barricadas na Rua Austregésilo quando foram alvejados. Pouco depois, a UPP foi informada de que um homem baleado chegara à UPA do Alemão. O caso foi registrado na 45ª Delegacia. Na madrugada de domingo, policiais foram alvos de disparos na localidade conhecida como Claro e houve confronto. Um PM e um homem ficaram feridos. O policial recebeu atendimento e foi liberado em seguida, mas a outra vítima, não identificada, morreu. Foram apreendidos dois carregadores de fuzil com 57 munições. O caso foi registrado na Cidade da Polícia. O policiamento está reforçado por agentes de outras UPPs e do Bope.

Na manhã desta segunda-feira, 18, um homem suspeito de envolvimento com o tráfico foi morto durante operação da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil, na Favela do Jacarezinho, zona norte. Durante a ação, policiais apreenderam armas e drogas. A circulação de trens da SuperVia teve que ser interrompida por cerca de uma hora como medida de segurança. Moradores da comunidade fizeram protesto na Avenida Dom Hélder Câmara, próxima ao local. O grupo ateou fogo em objetos e interditou o trânsito.