22°
Máx
16°
Min

Traficante 'El Chapo' é transferido para prisão na fronteira com o Texas

Cidade do México, 07 (AE) - O traficante de drogas mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmàn, que foi recapturado em janeiro e agora busca evitar extradição para os Estados Unidos, foi repentinamente transferido na manhã deste sábado para uma prisão no norte do México, perto da fronteira com o Texas.

Advogados de Guzman entraram com vários recursos para impedir que seu cliente seja enviado aos Estados Unidos e autoridades mexicanas informaram que pode levar até um ano para se chegar a uma decisão final. Não ficou claro se a transferência ocorrida hoje seria um sinal de que o processo está em fase de conclusão.

O governo mexicano informa que o chefe do cartel de drogas de Sinaloa foi transferido da prisão de segurança máxima de Altiplano, perto da Cidade do México, para a prisão de Cefereso, na Cidade de Juárez, próximo a El Paso, no Texas.

Segundo o Departamento de Interior, a transferência ocorreu por causa dos trabalhos feitos para reforçar a segurança das instalações em Altiplano.

A Comissão Nacional de Segurança do México informou, por meio de comunicado, que a ação está em conformidade com os protocolos de segurança. Conforme o órgão, mais de 7.400 detentos em todo o país foram movidos, como parte de uma estratégia implementada em setembro do ano passado.

Para Michael Vigil, ex-diretor de operações internacionais da Administração Anti-Drogas dos EUA, Guzmàn foi trsnaferido por motivos de segurança. Vigil, que diz ter sido comunicado por autoridades mexicanas, não entrou em detalhes nem mesmo revelou se havia informações sobre novas tentativas de fuga.

O traficante mexicano enfrenta acusações de sete escritórios da promotoria nos EUA, incluindo Chicago, Nova York, Miami e San Diego. "El Chapo" fugiu pela primeira vez da prisão no México, em 2001. Ele foi recapturado em 2014, mas escapou novamente depois de um ano em Altiplano por um túnel quilométrico cavado no chão do chuveiro de sua cela.

Guzmàn foi detido em Sinaloa em janeiro de 2016, e devolvido a Altiplano, onde até a manhã deste sábado as autoridades o mantinham sob regime de segurança máxima. Fonte: Associated Press.