28°
Máx
17°
Min

Viaduto Santo Amaro será entregue no dia 6, após 6 meses de obras

As obras no Viaduto Santo Amaro, na zona sul da capital paulista, serão concluídas no próximo dia 6 de setembro, data em que a Prefeitura de São Paulo promete entregar a via reformada e totalmente liberada para o fluxo de veículos, ônibus, táxis e pedestres.

A previsão inicial era entregar o viaduto entre junho e agosto. A via foi interditada no dia 13 de fevereiro, após incêndio causado por um acidente entre dois caminhões.

Dias após o acidente que danificou a estrutura do viaduto, o prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou que eram "muito remotas" as chances de recuperação. Segundo Haddad, o fogo atingiu a marca de 1.000° C e especialistas previam o comprometimento definitivo da estrutura de concreto, o que poderia levar à demolição.

A circulação de automóveis foi interrompida e o viaduto permaneceu fechado para o tráfego até 25 de fevereiro. Na ocasião, a Companhia de Engenharia do Tráfego (CET) liberou duas faixas, uma em cada sentido, para a circulação de ônibus. Dias depois, os táxis também tiveram permissão para trafegar.

Na segunda-feira, 29, o viaduto foi parcialmente liberado com a conclusão de mais uma etapa das obras de recuperação. No sentido bairro, a faixa exclusiva para ônibus e táxis e as duas para veículos estão livres para tráfego.

Já o sentido centro tem liberação parcial de duas faixas: uma para coletivos e táxis, outra para os demais veículos. No local circulam mais de 25 linhas de ônibus.

Segundo a CET, enquanto o sentido centro permanece parcialmente interditado, os automóveis que vêm da Avenida Santo Amaro devem utilizar a pista lateral ao viaduto, cruzando a Avenida dos Bandeirantes e retornando ao trajeto original.

As calçadas nas laterais do viaduto continuam interditadas até a conclusão da instalação dos gradis. Os pedestres poderão usar o passeio da Avenida dos Bandeirantes. Em nota, a CET informou que agentes acompanham a alteração, orientando o tráfego.

Também em nota, a Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb) confirmou o dia 6 como a data de conclusão e entrega da reforma. "As obras de reforço estrutural estão em fase final de execução e durante a noite, das 23 horas às 4 horas, as equipes continuam o serviço de jateamento de concreto na parte inferior do viaduto", informou a pasta.

A uma semana da entrega, a Siurb faz os últimos ajustes: está instalando os gradis para as calçadas e a iluminação nova de LED. Questionada, a Prefeitura não respondeu qual foi o custo da obra e quem arcou com a reforma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.