26°
Máx
19°
Min

Centro de Zoonoses promove palestra sobre raiva animal

Divulgação - Centro de Zoonoses promove palestra sobre raiva animal
Divulgação

A equipe de Educação em Saúde, do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), realiza a partir da segunda-feira (26), a Semana Municipal de Prevenção a Raiva Animal. Estão previstas palestras com descrição da doença, principais sinais do problema nos cães, métodos para evitar a contaminação e importância da guarda responsável. O público alvo são crianças do 4º e 5º anos de escolas do município.

O último caso de raiva canina registrado em Foz foi em 2005, mas o risco atual são os morcegos, considerados reservatórios naturais da doença. Só esse ano, foram encontrados oito morcegos contaminados. O último foi essa semana, na região central da cidade. "Vamos explicar qual deve ser a conduta diante de um morcego vivo ou morto, ou em caso de acidente", disse o coordenador, Thiago Cavalcante. "Nunca devemos tocar no animal suspeito. A orientação é cobri-lo e chamar o CCZ", completou.

Por recomendação do Ministério da Saúde, cidades que não têm registro de raiva canina podem suspender a campanha de vacinação, mas a vigilância é permanente. "Os donos devem ficar atentos aos seus cães domésticos, e podem procurar a vacina antirrábica no CCZ ou em clínicas veterinárias", explicou a veterinária Luciana Chyio.

A raiva é uma doença grave que afeta homens e animais, podendo causar a morte. Ela é transmitida pela saliva do animal contaminado ao morder ou lamber outro animal ou ser humano. "Toda mordedura por animal deve ser considerada grave. Em caso de acidente, lave o local com água e sabão e procure atendimento na unidade de saúde mais próxima", orientou Cavalcante.

Os cães infectados também apresentam sinais clássicos. "Os animais têm salivação excessiva, apresentam comportamento agressivo, procuram locais escuros e não se alimentam e nem bebem água", disse Luciana. "Ao perceber esses indícios, o dono deve procurar um médico veterinário", completou.

A Semana Municipal de Prevenção a Raiva animal será desenvolvida nas escolas Parigot de Souza, Carlos Gomes, Acácio Pedroso, Eloi Lohmann e Gabriela Mistral, respectivamente de segunda a sexta. As atividades começam às 8h30.

Colaboração: Assessoria.